às 20:10:00

Novas pesquisas serão desenvolvidas no UNIDEP

A Instituição concedeu bolsas para mais quatro projetos de iniciação científica, que se destacaram no processo de seleção do Programa Afycionados por Ciência pela relevância de suas problemáticas

O Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP), por meio da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão, Inovação e Internacionalização (PROPPEXII), mobilizou a participação de acadêmicos e docentes no edital do Programa Afycionados por Ciência 2022, que concede bolsas de estudo para o desenvolvimento de pesquisas na área da saúde. Ao todo, 20 projetos foram submetidos, tornando a Instituição a unidade que mais submeteu pesquisas pelo segundo ano consecutivo. A IES recebeu a aprovação de um trabalho e, para valorizar o engajamento da comunidade acadêmica, disponibilizou recursos próprios para o desenvolvimento de outros quatro projetos de pesquisa.

As pesquisas científicas elaboradas no âmbito educacional contribuem para a formação profissional e acadêmica de alunos e professores. Segundo a coordenadora de Pesquisa e Iniciação Científica do UNIDEP, professora Ma. Graciela Caroline Gregolin, “o desenvolvimento de pesquisas no Ensino Superior é imprescindível, e o UNIDEP acredita no papel da pesquisa como ferramenta de formação de seus docentes e acadêmicos”, explica.

Os 19 projetos de pesquisa não contemplados pelo Programa Afycionados por Ciência foram encaminhados para avaliação às cegas. Após uma criteriosa análise, foram escolhidas quatro propostas para serem realizadas por meio do Programa de Bolsas para Pesquisa Científica (ProBPC), Programa de Voluntariado em Pesquisa Científica (ProVPC) e Programa de Bolsas para Iniciação Científica (ProBIC). O UNIDEP disponibilizou recursos próprios para a aplicação das bolsas de iniciação científica, em que os alunos receberão o valor mensal de R$ 400,00 durante o período de 12 meses.

No curso de Medicina, duas pesquisas foram contempladas: “Perfil das Internações Hospitalares na 10ª Regional de Saúde do Pará”, de autoria do acadêmico Luan Matheus Siqueira Lima (ProBIC) e da professora Gabrielli Bashung Socha (ProBPC); e a “Territorialização e Tecnologia: Projeto Piloto de Desenvolvimento de “Mapa Inteligente Digital” na UBS Pinheirinho, Pato Branco-PR”, de autoria da acadêmica Bruna Rafela de Souza Lima (ProBIC), juntamente com a professora Graciela Caroline Gregolin (ProVPC).

Em Publicidade e Propaganda, a pesquisa contemplada intitula-se ”Covid-19 em Pato Branco (PR): o Percurso Narrativo da Pandemia na Mediação da Imprensa Local”, desenvolvido pela acadêmica Beatriz Luany Monteiro (ProBIC) e pela docente Jozieli Cardenal Suttili (ProVPC). No curso de Odontologia, o projeto “Perfil dos Usuários Cadastrados e Não Cadastrados na Atenção Primária à Saúde no Município de Pato Branco - Paraná” foi elaborado pela aluna Vitória Maria Schoenberger (ProBIC) e pela professora Graciela Caroline Gregolin (ProVPC).

O projeto do UNIDEP contemplado no Programa Afycionados por Ciência 2022 é de autoria das acadêmicas Claudia Lissa Maekawa, de Medicina, e Dhawyane Luiza Vinalski Rodighiero, de Psicologia, bem como da professora do UNIDEP Silvana Alberton e da docente externa Tagley Cristina Moras. O trabalho intitula-se “Perspectivas dos Profissionais da Atenção Primária à Saúde: Sobre o Acompanhamento Terapêutico para Pacientes com Transtornos Mentais no Município de Pato Branco”.

------------

Matéria: Suelen Oldoni, acadêmica do 2º período do curso de Publicidade e Propaganda do UNIDEP

Revisão: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Foto: Alan Winkoski, Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Contato: [email protected]


Fonte: