às 14:27:00

UNIDEP lança iDaí? com capacitação para formação do professor mentor

Programa voltado a professores, colaboradores e alunos busca desenvolver ideias com potencial empreendedor e inovador. O primeiro passo está na capacitação dos docentes para a atuação com foco na mentoria

No último sábado (19/06), o Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP), por meio da Coordenação de Pós-graduação, Pesquisa, Extensão, Inovação e Internacionalização (COPPEXI) e do Núcleo de Apoio Pedagógico e Experiência Docente (Naped), lançou o Programa iDaí?, que objetiva contribuir para o desenvolvimento de ideias de docentes, colaboradores e discentes, com potencial inovador e empreendedor. Considerando que boa parte delas nasce na sala de aula, a primeira ação do Programa é o cronograma de capacitações voltado aos professores do UNIDEP, iniciado na ocasião, com o tema “O docente mentor e o estímulo ao empreendedorismo e à inovação no Ensino Superior", ministrado por Carlos Guedes em parceria com a Regional de Pato Branco do Sebrae-PR. O próximo encontro será em 31 de julho.

A coordenadora da COPPEXI, professora Ma. Marielle Sandalovski Santos, enalteceu o trabalho realizado pelos docentes do UNIDEP junto aos alunos, provocando o olhar para a realidade local e regional, identificando necessidades e propondo soluções – postura que reforça a contribuição do professor enquanto mentor dos estudantes. “Quando falamos em empreendedorismo e inovação, precisamos pensar no papel do professor mentor, que é quem conduz e pode, sim, empreender junto com seus alunos, os desafiando a transformar a sociedade”, disse.

A coordenadora adjunta do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo, professora Ma. Keli Starck, destacou a importância do iDaí?, uma vez que o Programa atende à postura do UNIDEP em educar, empreender e inovar. “O iDaí? busca fazer com que pequenas ideias sejam transformadas em grandes negócios. Por isso, identificamos a necessidade do professor estar conosco em momentos de imersão e capacitação, pois o docente é responsável por conectar o aluno à inovação. Assim, estaremos inseridos e conhecendo um pouco mais sobre o universo do empreendedorismo, o que também contempla demandas atuais que acompanham transições da sociedade que, muitas vezes, demandam a reinvenção constante do professor”, destacou.

A Pró-Reitora de Graduação do UNIDEP, professora Carla Maria Ruedell, ressaltou que o cronograma de capacitações do iDaí? também envolve, além de professores, técnicos administrativos que sonham com a carreira na docência. “Estamos preparando professores e colaboradores, visando o engajamento dos alunos por meio da inovação e do empreendedorismo, o que também contemplará a postura do UNIDEP pós-pandemia. Agradecemos ao Sebrae/PR pela parceria, especialmente ao movimento realizado pela COPPEXI, por estar conectando ensino, pesquisa, extensão, inovação e internacionalização. Hoje, aqui, confirmamos que somos um time focado em materializar nossas práticas de inovação, o que impacta na carreira e na empregabilidade dos nossos alunos”, disse.

Para o gestor de Projetos de Inovação e Startups do Sebrae/PR, Elizando Ferreira (Kaxa), projetos como o iDaí? confirmam a relação entre ensino, pesquisa e inovação, uma vez que o comportamento empreendedor, visando dinamizar economias e territórios, deve estar na atuação docente, bem como nos planos de ensino. “Só podemos desenvolver um ecossistema de inovação por meio de parcerias, por isso as instituições de ensino estão entre as hélices da inovação. O empreendedorismo contribui de forma significativa para o trabalho interdisciplinar entre ensino e sociedade, dessa forma seguimos trabalhando por um empreendedorismo inovador, desmistificando dificuldades e mostrando possibilidades para os mais variados produtos, serviços e processos”, enfatizou.

Ao todo, serão seis encontros com Carlos Guedes, instrutor do Programa Empretec (ONU/Sebrae) e que há mais de 20 anos atua nos ramos de empreendedorismo e inovação. No primeiro encontro, ele evidenciou que Pato Branco é referência em tecnologia e inovação, em que as instituições de ensino exercem papel importante na construção do ecossistema regional, estando entre os ativos tecnológicos responsáveis por fomentá-lo.

“A prosperidade de uma cidade ou região acontece quando os saberes são multiplicados, pois essa integração gera uma nova dinâmica em seus territórios. Para isso, precisamos das universidades, pois são elas que conectam pessoas e saberes, uma vez que o empreendedor nasce da relação entre pesquisadores e necessidades sociais. Estamos aqui, no iDaí?, para aumentar conhecimentos e a prática do papel do professor mentor para apoiar alunos e projetos de empreendedorismo, seja em modelos tradicionais, bem como modelos de startups”, completou.

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Fotos: Alan Winkoski, Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Contato: [email protected]


Fonte: