às 17:52:00

Salas de estudos e espaços de convivência, mais bem-estar aos alunos

No UNIDEP, as salas de estudos da Biblioteca e as áreas de convivência também dispostas na Cantina Central, reúnem alunos e oportunizam acolhimento durante a jornada acadêmica, especialmente para quem passa muitas horas do dia na IES

Uma infraestrutura adequada e acolhedora faz toda a diferença para a rotina acadêmica, uma vez que os estudantes de graduação passam boa parte do dia na faculdade. No Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP) os acadêmicos têm à disposição salas de estudos e áreas de convivência, condições que oportunizam uma jornada acadêmica mais humanizada e significativa. Os espaços, situados na Biblioteca e na Cantina Central, reúnem estudantes de diferentes cursos, o que também reflete em momentos de integração.

De acordo com a Reitora do UNIDEP, professora Ornella Bertuol, os espaços contemplam demandas dos acadêmicos e também acompanham projetos de reestruturação da IES, que estuda a criação de novos espaços como estes. “Temos um projeto de infraestrutura em fase de elaboração, considerando a expansão do nosso câmpus, em que estamos prevendo a estruturação de novos espaços de convivência, descanso e estudo. É um conjunto de ações voltadas ao bem-estar e à qualidade de vida dos nossos alunos”, evidencia.

A acadêmica do 7º período do curso de Medicina, Eduarda Pegoretti Pires, que também preside o Centro Acadêmico de Medicina XXV de Setembro, enaltece a importância  dos espaços de convivência. “São ambientes importantes para os acadêmicos de Medicina, pois nosso curso demanda muito tempo dos alunos na IES, por ser um curso totalmente integral. Por conta disso, precisamos de ambientes para descanso, lazer e estudo ao longo do dia, assim podemos aproveitar ao máximo as brechas de tempo livre que temos para reunir os colegas, estudar ou descansar”, conta.

Para ela, o acesso a espaços confortáveis também contribui no rendimento acadêmico, além de oportunizar o cuidado  da  mente e momentos para descansar o corpo. Nesse sentido, Eduarda cita a importância das salas de estudos da Biblioteca. “Usei muito esses espaços, principalmente nos primeiros períodos do curso, tanto para estudar matérias do dia a dia, como para reunir colegas para realizar trabalhos em grupos. É um ambiente calmo, silencioso, onde temos acesso à literatura que precisamos, ou seja, é um local extremamente importante para o acadêmico crescer na sua formação como médico”, avalia.

Eduarda pontua, ainda, a postura do UNIDEP ao oportunizar esses espaços e dialogar com os alunos de forma permanente. “A Reitoria do UNIDEP se faz muito aberta para procurar entender os acadêmicos e suas demandas, isso é um dos diferenciais da nossa IES, pois aqui tudo se constrói por meio do diálogo. Essa via de mão dupla, entre a escuta ativa da Reitoria e dos acadêmicos, faz nosso curso crescer cada vez mais”, destaca.

Quem também evidencia a importância dos espaços de convivência e das salas de estudos é a acadêmica do 5º período do curso de Odontologia, Jessica Thaís Arruda. “Os espaços de convivência são de grande utilidade para nós, acadêmicos de Odontologia, pois passamos boa parte do dia na Instituição. Somam-se a isso as salas de estudos da Biblioteca, espaços confortáveis e que possibilitam a concentração nos estudos devido ao silêncio do local”, diz.

Ela também ressalta a atitude do UNIDEP ao oportunizar esses espaços aos alunos, o que demonstra comprometimento em atender melhorias solicitadas pela comunidade acadêmica. “Esses espaços contribuem para momentos de descanso em intervalos e, no caso dos alunos que residem em outras cidades e precisam aguardar o transporte, são ambientes que oferecem maior conforto e bem-estar. Além disso, o espaço da cantina favorece a socialização com colegas de outros períodos e cursos, e os da Biblioteca propiciam um ambiente mais confortável para o estudo”, completa.

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Fotos: Alan Winkoski, Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Contato: [email protected]


Fonte: