às 15:39:00

Profissionais do SUS têm formação ministrada pelo curso de Fisioterapia

O curso de Fisioterapia do Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP) ofertou nesta quarta e quinta-feira (28 e 29/04), uma capacitação sobre ventilação mecânica para profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS),  ministrada pela professora Ma. Beatriz Zanon Harnisch Radaelli, a partir de uma parceria entre a IES e a Secretaria Municipal de Saúde de Pato Branco. A ventilação mecânica é uma das principais intervenções usadas por profissionais de saúde no tratamento de pacientes com insuficiência respiratória decorrente do Covid-19.

Segundo a professora Beatriz, foram abordados temas relacionados ao suporte ventilatório no paciente com Covid-19: oxigenoterapia de baixo e alto fluxo, ventilação não invasiva, ventilação mecânica invasiva, posição prona e desmame da ventilação mecânica. No primeiro dia, a capacitação aconteceu no UNIDEP e, no segundo, na UPA - 24 horas. “No UNIDEP, realizamos as aulas com o conteúdo mais teórico e na UPA fizemos as práticas, utilizando os ventiladores mecânicos que estavam disponíveis. Também fizemos simulações e adaptações dos parâmetros ventilatórios nos mesmos”, contou.

Participaram do treinamento fisioterapeutas da rede pública de saúde que atuam na UPA. “A ventilação mecânica é essencial para os profissionais de saúde que estão na linha de frente, visto que nos casos com acometimento mais grave dos pulmões, estes pacientes sentem intenso desconforto ventilatório, que pode evoluir para insuficiência respiratória. Assim, o suporte ventilatório auxilia a reduzir a falta de ar, bem como melhorar as trocas gasosas e salvar vidas”, destaca a professora. 

Beatriz conta, ainda, que no curso de Fisioterapia essa técnica já é apresentada aos alunos. “Nossos acadêmicos aprendem sobre suporte ventilatório no paciente com Covid-19. Na disciplina de Fisioterapia Pneumológica, que ocorre no sexto período, já temos aulas sobre oxigenoterapia, e de ventilação mecânica no oitavo período. São assuntos que fazem parte da minha rotina de estudos desde o ano passado, visto que são da minha aérea de atuação na Fisioterapia”, pontuou. 

O coordenador do curso de Fisioterapia do UNIDEP, professor Me. Michel Henrique Baumer, comentou que a inserção dos docentes em momentos de formação voltados a profissionais da saúde confirma o potencial da formação ofertada pela IES. “Isso atesta a qualidade do curso e dos profissionais que trabalham em nosso time, compondo uma equipe qualificada e na vanguarda da formação de profissionais voltados à atenção da saúde de nossa população”, destacou.

De acordo com ele, a pandemia do Covid-19 trouxe uma demanda intensa para os profissionais da Fisioterapia. “O amplo espectro de comprometimentos que essa doença traz para os pacientes acometidos por ela, faz com que o profissional Fisioterapeuta seja de suma importância para o tratamento na fase hospitalar, seja nos CTIs, enfermarias, postos de saúde ou em casa durante o isolamento, até mesmo na fase de recuperação da doença. Todo esse cenário tem oportunizado muito aprendizado, bem como reconhecimento profissional”, disse.

Michel evidencia a integração com órgãos de saúde municipais. “Na verdade, essa é só mais uma das ações que o UNIDEP vem realizando com a Secretaria Municipal de Saúde. O curso de Fisioterapia atua em colaboração com esses órgãos para cumprir dois importantes papéis: o social, ofertando à sociedade um serviço de qualidade, e o educacional, oportunizando aos nossos alunos um cenário realista de prática, onde os mesmos saem preparados para atuarem no nosso mercado”, completou.

 

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Fotos: Alan Winkoski, Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Contato: [email protected]


Fonte: