às 21:39:00

Wake Up inspirou com palestras sobre inovação e pesquisa

Evento reuniu estudantes e docentes do UNIDEP em palestras que abordaram práticas de inovação e incentivaram a produção científica

Nesta quinta-feira, 27 de agosto, o Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP), por meio da Coordenação de Pós-graduação, Pesquisa, Extensão e Inovação (COPPEX), realizou a primeira edição do Wake Up UNIDEP. O evento on-line, com mais de oito horas de programação, contou com palestras variadas, que abordaram temas ligados a práticas de ensino, pesquisa, inovação, responsabilidade social e internacionalização. Para fechar o evento, o Sebrae/PR lançou a II edição do Programa Startup Garage.

O Wake Up contou com apresentações de cases e iniciativas desenvolvidas por alunos e docentes do UNIDEP, tais como Ligas Acadêmicas, Projetos Integradores e projetos de pesquisa que, associados a ações extensionistas, têm oportunizado mudanças significativas na comunidade local e regional. Mobilizando a comunidade acadêmica para a troca de experiências, o Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) também teve momentos importantes na programação, que contou com estudantes e professores da Instituição, além de reunir docentes e acadêmicos de outras IES do Grupo Afya Educacional. Com média de 490 pessoas por palestra, o webinar “O casamento da Pesquisa com a Ética: o CEP é o juiz de paz?” foi o que registrou maior volume de público, ultrapassando a marca de mil pessoas conectadas via Zoom e YouTube.

Para a Reitora do UNIDEP, professora Ornella Bertuol, iniciativas como essa são extremamente importantes e refletem o comprometimento da Instituição com o ensino, a pesquisa e a extensão. “É extremamente oportuno e necessário que uma Instituição de Ensino Superior, com a abrangência e compromisso que o UNIDEP tem, especialmente no que refere-se à formação dos nossos alunos e sociedade, volte-se a esses temas, que são de extrema importância. Quando assume-se a responsabilidade de ser Centro Universitário, reitera-se a postura de olhar para além do ensino. A pesquisa, a extensão, junto com a internacionalização e a inovação, passam a ser responsabilidades da Instituição, tanto quanto o ensino, que tão bem foi conduzido durante esses 20 anos de história”, destacou.

Conforme explicou a coordenadora da COPPEX, professora Ma. Marielle Sandalovski Santos, a formação acadêmica deve ser pensada de forma a fazer com que todos evoluam. “Este evento é para pensarmos o Ensino Superior para além do movimento do ensino, ou seja, pensarmos sobre inovação, sobre pesquisa, responsabilidade social e internacionalização. Tudo isso cabe e deve fazer parte do Ensino Superior e da formação dos nossos alunos”, ressaltou.

O diretor Nacional de Ensino da Afya Educacional, professsor Me. Luiz Claudio Pereira, evidencou a importância da programação. “Um evento dessa magnitude demonstra que estamos vencendo os desafios e que nos adequamos ao Regime de Apredizagem Remota, encontrando novas possibilidades para nossos alunos e professores, oportunizando experiências que vão além da sala de aula. Embora não tenhamos a presencialidade, estamos fazendo história e o Wake Up está sendo um marco, para o UNIDEP e também para a Afya”, disse.

O ciclo de palestras aconteceu nos períodos da tarde e noite, sendo realizado de maneira remota, pelo Zoom e YouTube, possibilitando, assim, que muitos estudantes e docentes participassem do evento, trocando conhecimentos e experiências. Na abertura, às 14h, aconteceu o “Webinar Internacional: O mundo pós Covid-19”, com a participação da psicóloga clínica Patrícia Rech de Almeida, do psicólogo e psicopedagogo chileno Alejandro Javier Rojas Jardel e, também, do empresário esloveno Tim Robic. Em seguida, foi a vez dos Movimentos Acadêmicos. Alunos, docentes e convidados externos compartilharam experiências exitosas sobre Centro Acadêmico, Ligas e Atléticas, destacando o protagonismo acadêmico. Às 16h30, foi o momento da Coordenação de Extensão, com apresentação de cases da Associação de Assistência aos Condenados (Apac) e da Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati).

A programação retornou à noite, às 19h, com o reconhecimento dos Projetos Integradores que foram destaque no primeiro semestre de 2020: o 5º período do curso de Enfermagem, com o projeto “Educação em Saúde: promoção e prevenção à saúde dos indivíduos e da comunidade”, conduzido pelas professoras Gisele Iopp Massafera, Cleunir Cândido de Bortolli e Lia Argenton; o 3º período do curso de Fisioterapia, com o projeto “Fisioterapia do Trabalho e Projeto Integrador em Saúde do Trabalhador”, com orientação dos docentes Luane Pauda de Souza e Michel Henrique Baumer.

Em seguida, a coordenadora do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) do UNIDEP, professora Dra. Christiana Almeida Salvador Lima, falou sobre a atuação do órgão. Às 20h20, ocorreram três palestras simultâneas: “A Pesquisa nas Ciências da Saúde”, com as professoras Vidiany Aparecida Queiroz Santos e Rafaela Macagnan; “A Pesquisa nas Ciências Sociais Aplicadas”, com as docentes Julia Dambrós Marçal e Jozieli Cardenal Suttili; e “A Pesquisa nas Engenharias e nas Ciências Exatas”, com os professores Rafael Zamodzki e Jefferson Olea Homrich.

A partir das 21h, o debate abrangeu a perspectiva regional, com o tema “Onde estamos inseridos? O ecossistema de Inovação do Sudoeste”, com o gestor de Projetos de Inovação e Startups na Regional Sul do Sebrae/PR, Elizandro Ferreira. Na oportunidade, também foi realizado o lançamento da II Edição do Programa Startup Garage no UNIDEP, cujas inscrições já podem ser realizadas, aqui: http://bit.ly/inscricoesgarageunidep.

------------
Matéria: Karen Del Sant, acadêmica do 4º período do curso de Publicidade e Propaganda do UNIDEP
Revisão: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR
Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP
Fotos: Alan Winkoski, fotógrafo do UNIDEP
Contato: [email protected]


Fonte: