às 15:32:00

Curso de Enfermagem publica artigos na Revista de Saúde Pública do Paraná

Periódico qualis B3 é uma iniciativa da Escola de Saúde Pública do Paraná. Publicações integram a edição de julho de 2020

O curso de Enfermagem do Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP) tem dois artigos publicados na edição de julho da Revista de Saúde Pública do Paraná, periódico que é referência para a área da saúde e possui qualis B3. O estudo “Rastreamento do câncer de colo do útero em um município do Sudoeste do Paraná”, é de autoria das professoras Cleunir de Fatima Candido de Bortoli e Gisele Iopp Massafera, juntamente com as acadêmicas do oitavo período, Bruna Carneiro Ribeiro e Nattally Edimeire Skonieczny.  

De acordo com a professora Cleunir, o artigo versa sobre ações desenvolvidas no rastreamento do câncer de colo uterino. “Embora as mesmas sejam realizadas por profissionais enfermeiras no âmbito da saúde pública diariamente, é fundamental que o enfermeiro conheça as diretrizes preconizadas e a realidade local em que as pacientes estão inseridas. Por isso, a aproximação acadêmica e profissional com a temática possibilita uma formação qualificada voltada às reais necessidades da atenção à saúde da mulher”, completa a docente, que lembra que a revista é uma iniciativa da Escola de Saúde Pública do Paraná, e publica estudos relacionados aos problemas de saúde da população e aqueles que abordam, também, a organização dos serviços de saúde.   

O segundo artigo publicado, intitulado “Associação entre polimorfismos no gene/receptor da leptina e obesidade: uma revisão de literatura”, é de autoria das professoras Cleunir de Fátima Candido de Bortoli e Emi Elaine Stefanski Batistti, bem como da enfermeira mestranda Joice Cristina Kuchler e da professora Léia Carolina Lucio, ambas da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).  

A professora Emi, por sua vez, enaltece a temática, que permeia a construção do conhecimento tanto na discussão teórica, quanto nas atividades práticas em campos de estágio. “Todas as experiências científicas são de grande importância para o crescimento pessoal e intelectual, e quando estas acontecem entre duas instituições distintas acabam, naturalmente, ampliando a percepção dos profissionais e pesquisadores envolvidos. O artigo vem agregar conhecimento e fortalecer a atividade docente no âmbito da saúde coletiva”, avalia.  

A coordenadora do curso de Enfermagem do UNIDEP, professora Gisele Iopp Massafera, que também publicou no periódico, ressalta a importância do protagonismo docente frente à pesquisa, prática que pode estimular os alunos a seguirem o mesmo caminho. “Desde o início do curso estimulamos os acadêmicos a escreverem, a terem o hábito da leitura e a participarem de eventos científicos com trabalhos. Nós, professores, participamos desses eventos e com isso instigamos também para que os estudantes tomem gosto pelos trabalhos científicos. Com esse hábito, muitos se identificarão e seguirão a carreira da docência, que para a Enfermagem é um campo vasto e com reconhecimento. Soma-se a isso, ainda, o fortalecimento da pesquisa e da ciência no campo da saúde”, completa Gisele.    

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Contato:[email protected]


Fonte: