às 16:17:00

Banco de Leite Humano incentiva aleitamento materno em Pato Branco

Com a campanha “Doe Frascos de Amor”, o UNIDEP arrecadou embalagens de vidro, para armazenamento do leite recebido pelo Banco de Leite Humano de Pato Branco. Conheça o trabalho da entidade e ajude você também!

Neste mês de outubro, o Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP) promoveu a campanha “Doe Frascos de Amor”, que arrecadou embalagens de vidro para o Banco de Leite Humano de Pato Branco, do Instituto de Saúde São Lucas de Pato Branco (ISSAL). As embalagens visam o armazenamento do leite recebido pelo Banco, e a iniciativa ocorreu por meio da Coordenação de Pós-graduação, Pesquisa, Extensão e Inovação (COPPEX) e do setor de Gestão e Desenvolvimento de Talentos (Gesta).  

O Banco, que recebe doações de leite de mulheres lactantes, objetiva auxiliar na saúde e no desenvolvimento de bebês que necessitam de amamentação auxiliar. Segundo a nutricionista e coordenadora do Banco de Leite do Hospital São Lucas, Laís Munaretto, em média, são atendidas mensalmente 60 crianças, entre a CTI neonatal do Hospital São Lucas e a UTI neonatal do Instituto Policlínica.   

A nutricionista explicou como funciona o processo de doação de leite para o Banco. “As doações podem ser realizadas enquanto as puérperas e as nutrizes estejam internadas no Instituto de Saúde São Lucas ou no Instituto Policlínica, que conta com um posto de coleta de leite humano. Também podem ser feitas em domicílio. A doadora passa pelo processo de cadastro, em que são avaliados os exames realizados no pré-natal. Se a doação ocorrer após a criança já ter completado 6 meses, são solicitados os testes rápidos para Sífilis, HIV e HbsAg. Após aprovação médica, é fornecido um frasco estéril, um folder com as orientações de como realizar a ordenha, além de  touca e etiqueta para que ela faça a identificação do leite humano cru. O leite pode ficar armazenado no freezer por 15 dias, antes de ser pasteurizado”, conta.  

Conforme Laís, o leite materno é o melhor alimento para as crianças, e o Banco proporciona às famílias que não o possuem a chance de melhorar a saúde dos bebês. “A prioridade dos bancos de leite é atender as crianças que nascem prematuras, e necessitam de cuidados intensivos para que a sua recuperação seja otimizada. A utilização do leite humano promove a alta mais rápida da CTI e UTI neonatal, previne doenças gastrointestinais, respiratórias e alergias, além de diminuir as taxas de mortalidade infantil”, enfatizou.  

Laís destacou a importância da campanha para arrecadação de frascos, na qual o UNIDEP auxiliou. “A campanha é muito importante para conseguirmos frascos, que serão utilizados na pasteurização do leite humano doado. Nas campanhas anteriores, foram doados ao Banco de Leite Humano São Lucas uma quantidade expressiva dos mesmos, porém esses são muito grandes para o processo da pasteurização, e estão sendo utilizados para a coleta do leite das doadoras. Nesse momento nosso foco é arrecadar frascos de 15 cm de altura e aproximadamente 7 cm de diâmetro, para realizarmos a pasteurização do leite”, relatou.  

“O leite humano pasteurizado no banco substitui as fórmulas infantis que precisam ser utilizadas, quando não há a possibilidade e disponibilidade do leite humano, na cidade e região. As fórmulas infantis nada mais são do que leite de vaca modificado, para chegar próximo à composição do leite materno, mas não há como incluir as imunoglobulinas que estão presentes no leite humano e que são responsáveis por proporcionar o fator de proteção ao bebê”, explicou.

A nutricionista ressaltou, ainda, a relevância do Banco de Leite para a região, considerando que Pato Branco é, hoje, polo regional de saúde. “O Banco de Leite Humano é muito importante, em Pato Branco e na região, pois atende as crianças internadas na CTI Neonatal do Instituto de Saúde São Lucas e também da UTI Neonatal do Instituto Policlínica. Como o Instituto de Saúde São Lucas de Pato Branco é referência em gestação de alto risco, atende a vários municípios da 7ª Regional de Saúde, e também alguns da região oeste catarinense”, concluiu.  

Para saber mais, entre em contato com o Banco de Leite Humano de Pato Branco, pelo (46) 3312-1161.

------------

Matéria: Karen Del Sant, acadêmica do 4º período do curso de Publicidade e Propaganda do UNIDEP

Revisão: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Contato: [email protected]


Fonte: