às 14:36:00

UNIDEP contribui para o 1º lugar de Pato Branco em ranking de saúde

Estudo divulgado recentemente é promovido pelo Centro de Liderança Pública. Desempenho de Pato Branco, que lidera no pilar referente ao acesso da população à saúde, destaca-se entre municípios brasileiros com mais de 80 mil habitantes

A atuação dos cursos da área da Saúde do Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP) no Sistema Único de Saúde (SUS) contribuiu para que Pato Branco avançasse 24 posições no Ranking de Competitividade dos Municípios, ficando em 1º lugar no acesso à saúde, pilar que envolve aspectos de cobertura da atenção primária, saúde suplementar, vacinação e atendimento pré-natal. No resultado geral, o município figura em 39º lugar entre os municípios com mais de 80 mil habitantes do Brasil, à frente de cidades como Londrina, Cascavel e Toledo.

O estudo desenvolvido pelo Ranking de Competitividade dos Municípios está na terceira edição e é promovido pelo Centro de Liderança Pública, organização suprapartidária cujo objetivo é engajar a sociedade e desenvolver líderes públicos para tornar mais eficiente o uso dos recursos. A pesquisa é composta por três dimensões (instituições, sociedade e meio ambiente), 13 pilares e 65 indicadores.

Em toda a rede municipal de saúde, atualmente são cerca de 830 alunos e professores do UNIDEP, dos cursos de Enfermagem, Fisioterapia, Odontologia, Medicina e Psicologia, inseridos por meio de projetos de extensão, estágios e práticas de disciplinas – o que totaliza uma média 8.900 atendimentos mensais. Somente no curso de Medicina, são cerca de 370 alunos atuando em vários contextos da saúde pública, entre eles o Ambulatório Municipal e o Internato junto à Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 horas), hospitais e Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

A secretária municipal de Saúde de Pato Branco, Liliam Cristina Brandalise, ressalta a importância da integração de acadêmicos e professores no Sistema Único de Saúde de Pato Branco. “O município conseguiu destacar-se nesse ranking devido aos avanços gerais na saúde, em especial pela redução da mortalidade materna, infantil e nos atendimentos de atenção primária, bem como na atuação das equipes de Estratégia e Saúde da Família. Temos alunos e professores do UNIDEP envolvidos em todos esses contextos, mas destaco a atuação do Ambulatório Escola do curso de Medicina e do apoio da IES nas formações dos profissionais da Secretaria de Saúde e nas bolsas de residência médica”, avalia Liliam.

Além disso, o UNIDEP contribui financeiramente, com recursos do curso de Medicina, na execução de obras de reforma, ampliação e para novas instalações da rede pública de saúde de Pato Branco. Essa contrapartida do UNIDEP contempla, ainda, o pagamento de bolsas de residência médica, aquisição de equipamentos e mobiliários para unidades de saúde e oferta de capacitações aos servidores da Secretaria Municipal de Saúde. A IES também destina recursos próprios para obras de infraestrutura nos hospitais São Lucas e Policlínica.

A relação estabelecida entre o UNIDEP e o Município de Pato Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, é disciplinada pelo Comitê Gestor do COAPES (Contrato Organizativo de Ação Pública de Ensino-Saúde) e consolida uma parceria construída desde o pleito do curso de Medicina para a região. “Nosso objetivo é oferecer à população de Pato Branco acesso integral à saúde. Para tanto, unimos ensino, saúde e comunidade. Soma-se a isso a formação humanizada dos nossos acadêmicos, que seguem fazendo a diferença na saúde regional”, completa a reitora do UNIDEP, professora Ornella Bertuol.

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Foto: Alan Winkoski, Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Contato: [email protected]


Fonte: