às 23:19:00

Começa o internato da primeira turma de Medicina

UNIDEP lançou o Programa Internato 4.0 nesta sexta-feira (06/08), ao lado de autoridades municipais e instituições de saúde

Nesta sexta-feira (06/08), o Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP), juntamente com a coordenação e o colegiado do curso de Medicina, lançou oficialmente o Programa Internato 4.0, um modelo exclusivo de inserção acadêmica junto à comunidade, concebido pela Direção Nacional de Medicina do Grupo Afya Educacional. Autoridades municipais e instituições de saúde participaram da solenidade, que foi transmitida pelo YouTube aos familiares dos acadêmicos.   

Desde a última segunda-feira (02/08), 46 acadêmicos do curso de Medicina, estudantes do 9º período, iniciaram as práticas de Internato junto aos hospitais Policlínica Pato Branco e São Lucas, além de unidades da rede municipal de saúde. Embora os acadêmicos estejam inseridos em hospitais, clínicas e unidades de saúde desde o início da graduação, o Internato marca uma nova fase na formação dos futuros médicos e médicas. O momento é ainda mais especial considerando que esta é a primeira turma de Medicina do UNIDEP. 

O coordenador do curso de Medicina, Me. Vilson Geraldo de Campos, enalteceu a importância do momento para a jornada acadêmica e profissional dos estudantes. “Esta é uma fase intensa de formação, regada a muita emoção. Implantamos uma matriz inovadora, trazida pela Afya, que pensa no médico que queremos formar, com base numa educação humanística, amparada nos princípios científicos da Medicina, em que desde o primeiro período o aluno entra em contato com o campo de atuação que será o seu lar, pois a nossa razão de ser são as pessoas”, destacou. 

O coordenador do Internato do curso de Medicina, professor Me. Michel Baumer, salientou a carga horária intensa do programa, que contempla teoria e prática, envolvendo o acompanhamento de preceptores, supervisores, tutores, além de acompanhamento psicopedagógico. “Implantamos uma proposta inovadora para formar médicos de excelência. O profissional médico precisa gostar de gente e de estar com pessoas e, para isso, práticas baseadas em evidências são fundamentais. Para que tudo isso seja possível, contamos com a união sólida, que envolve municipalidade, unidades, hospitais e preceptores”, disse. 

Representando a comunidade acadêmica do curso de Medicina, a presidente do Centro Acadêmico de Medicina XXV de Setembro, Alini Zandonai, falou sobre a formação humanizada oportunizada aos estudantes do UNIDEP. “Agradeço pela honra de estar aqui, em um momento tão especial para o nosso curso, ao lado de pessoas que eu tanto admiro. Hoje é o início de um novo ciclo que, tenho certeza, será de muito sucesso e de muito aprendizado. É muito bom olhar para toda essa trajetória e ver que alcançamos mais uma etapa com muito êxito. Desejo a vocês, meus colegas veteranos, sabedoria, luz e força”, frisou.

A estudante Lara Gandolfo representou os acadêmicos do 9º período do curso de Medicina, e compartilhou expectativas dessa nova e fundamental fase de sua formação. “Buscamos sempre uma Medicina de excelência e, para isso, a relação entre médico e paciente deve priorizar conhecer as pessoas como um todo, por inteiro. O apoio dos nossos professores solidifica ainda mais, em nós, o desejo de sermos esses médicos de excelência. Não será a formatura ou a entrega do CRM que nos fará médicos, serão os aprendizados no decorrer da nossa faculdade”, salientou. Na cerimônia, os acadêmicos receberam seus crachás de identificação e, também, seus passaportes de acesso à plataforma Medcel e WhiteBook. 

Reconhecimento institucional

O prefeito de Pato Branco, Robson Cantu, lembrou que a reforma e ampliação da unidade de saúde central, obra realizada em parceria com o UNIDEP, abrigará alunos e professores do curso de Medicina que, no local, atendem a população. “Como é bom termos profissionais que nos ajudarão a construir uma cidade cada vez mais humana. Às diretorias dos nossos hospitais e profissionais de saúde, somos gratos por nos ajudarem a vencer um dos momentos mais difíceis pelo qual a humanidade já passou. Depois dessa pandemia, vimos o quanto devemos investir na atenção primária. Muitos sonham em fazer Medicina para salvar vidas e, nesse sentido, o UNIDEP nos deixa um legado”, destacou.

O diretor clínico do Instituto de Saúde São Lucas, Dr. Cleverson Galvan, deu as boas-vindas aos estudantes. “O UNIDEP e os preceptores do Hospital São Lucas estão vivendo esse período pela primeira vez e, temos certeza, será uma fase de aprendizados para todos nós, em que trabalharemos juntos pela saúde da população”, disse.

O diretor administrativo-comercial do Instituto Policlínica Pato Branco, Dr. Daniel Emygdio do Nascimento, também evidenciou a representatividade do início do Internato. “Parabenizo a todos pelo Programa Internato 4.0, pois acompanhamos o desenvolvimento do curso de Medicina e viver este momento, podendo receber os internos em nosso hospital, nos enche de orgulho. Esperamos poder contribuir na formação desses alunos”, enfatizou. 

O primeiro secretário da Câmara de Vereadores, vereador Lindomar Brandão, representando o presidente do Legislativo Municipal, Joecir Bernardi, deixou sua mensagem aos internos. “Nesses oito meses de mandato, pude viver momentos históricos e importantes para a nossa cidade. Hoje, é mais um momento assim, por se tratar do início do Internato da primeira turma de Medicina do UNIDEP. Sabemos que a falta de médicos é uma realidade e que, enquanto gestores e atores públicos, saibamos respeitar e honrar esses profissionais”, disse. 

A Reitora do UNIDEP, professora Ornella Bertuol Antunes, falou sobre a contribuição do curso de Medicina para a saúde de Pato Branco e região. “Lembro daquele setembro de 2017, quando estes alunos, recém-chegados, encaravam o desafio do início do curso de Medicina. É incrível ver que aquele mesmo brilho no olhar está preservado em vocês. Acompanhamos, dia a dia, o que foi desejar o curso de Medicina em Pato Branco e, hoje, sabemos que esse curso é reflexo da união de muitas pessoas – UNIDEP, município, instituições de saúde e força política. Hoje, diante dessa realidade, nos dedicamos todos os dias para formarmos profissionais qualificados, com base na humanização. O Internato 4.0 confirmará isso”, completou. 

A solenidade contou com a presença, ainda, da vice-prefeita de Pato Branco, Angela Padoan, da secretária municipal de Saúde, Liliam Cristina Brandalise, de membros das diretorias do Hospital Policlínica e do Hospital São Lucas e demais lideranças. 

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Fotos: Alan Winkoski, Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Contato: [email protected]


Fonte: