às 17:46:00

Publicidade e Propaganda foi finalista regional do Expocom

Integrantes do grupo relatam a importância da conquista e do projeto que nasceu como trabalho de conclusão de curso

Alunos do curso de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP) foram classificados para a final regional do Expocom - Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação, que reconhece os melhores trabalhos experimentais produzidos por estudantes de instituições de todo o Brasil. O trabalho intitulado “A Comunicação Social associada à criação de um aplicativo para geração de emprego autônomo em Pato Branco (PR)”, foi socializado no Encontro Intercom Inter-regiões, que aconteceu de 02 a 06 de agosto. Embora não tenha sido classificado para o Intercom Nacional - 44º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, que ocorrerá em outubro, a importância da conquista é reconhecida pelo colegiado e pelos alunos autores da proposta.

O trabalho foi realizado na disciplina de Projeto Experimental II e refere-se à ideação de um aplicativo social, acompanhado de artigo científico e campanha publicitária. A autoria é dos formandos da turma de 2021/1, agora egressos: Anthony Wilson Camargo, Denner de Camargo, Emanuel da Silva, Emanuelly Spanhol, Matheus Rissardi e Raimundo da Costa Neto. A orientação foi dos professores Gelson Barbosa e Jozieli Cardenal.

O coordenador do curso de Publicidade e Propaganda e professor orientador do projeto, Gelson Barbosa, enfatiza que a conquista do grupo refletirá em uma nova postura pedagógica frente ao Expocom. “Já a partir desse semestre, as disciplinas de Projeto Experimental I e II terão, em seus planos de aprendizagem, o engajamento acadêmico visando a criação de produtos que transitem pelas categorias do concurso, que é uma referência para os cursos de comunicação de todo o Brasil. Estamos orgulhosos de nossos alunos e por ver nosso curso chegando tão longe”, destacou.

O representante do grupo na apresentação e defesa do trabalho, Raimundo da Costa Neto, falou sobre a importância do resultado na etapa regional. “O principal sentimento é de orgulho. Chegamos na final regional com muito esforço e trabalho duro. Nossa gratidão, também, ao corpo docente do UNIDEP, responsável pelo nosso preparo. Posso dizer que a sensação incrível de apresentar o trabalho na final despertou no grupo uma vontade ainda maior de obter mais conquistas”, disse.

Raimundo explica que o trabalho consiste em demonstrar a viabilidade da criação de um aplicativo social voltado à geração de emprego de profissionais autônomos, denominado “EmplOi”.  “Sabemos que um dos pilares do desenvolvimento da sociedade é o alcance igualitário de oportunidades, dessa forma, nosso projeto foi pensado justamente para que essa solução tecnológica se torne uma ferramenta de geração de oportunidades de trabalho para a classe de trabalhadores informais e autônomos. É uma via de mão dupla, tanto para os profissionais conseguirem mais chances de prestar serviço e gerar renda, quanto para o público geral ter à mão praticidade em encontrá-los para contratação dos serviços”, conta.

O egresso destaca que a experiência do trabalho em equipe foi fundamental para sua formação. “A colaboração das pessoas para chegar ao resultado é a chave, sempre, pois nunca estamos sozinhos. Além disso, demonstra que o esforço para desenvolver uma ideia, por mais difícil ou inviável que pareça, mas que de alguma forma vai beneficiar a sociedade, vale muito a pena. Boas ideias precisam ser colocadas em prática, e de pessoas dispostas a apoiá-las”, enfatizou Raimundo.

Para Emanuelly Spanhol, a experiência demonstrou que projetos iniciados na faculdade podem ganhar visibilidade e abrangência em outros contextos, indo além da sala de aula. “Falar que nos sentimos com a missão cumprida, não seria o certo, pois a missão acaba de começar. Agora, vamos procurar alcançar essas conquistas cada vez mais. A sensação é de inspiração, de força e vontade de concretizar essa ideia. Sentimos que conseguimos colocar em ação a conexão entre a teoria e prática que aprendemos em todos os anos de faculdade”, destacou.

Ela ressalta, ainda, que o trabalho contribuiu para reforçar o papel da comunicação social frente ao desenvolvimento da sociedade. “Quando a gente vê a oportunidade de melhorar a sociedade como um todo, devemos colocá-la em prática. Se queremos ver mudanças, precisamos começar a fazê-las. Com esse pensamento, surgiu o EmplOi, para contribuir com a sociedade e facilitar o dia a dia de muitos trabalhadores”, completou Emanuelly.

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Contato: [email protected]


Fonte: