às 17:56:00

Professor e alunos de Medicina publicam artigos em revista internacional

Três artigos da área de ortopedia e traumatologia foram publicados recentemente na Acta Scientific Orthopaedics

Recentemente, o professor Edir Soccol Junior, do curso de Medicina do Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP), publicou três artigos científicos na revista Acta Scientific Orthopaedics.  Os textos têm coautoria de acadêmicos do curso e de membros da Liga de Ortopedia e Traumatologia (LAOT), sendo eles: Caroline Rafaela Solano, Lilian Cristina Meneguzzo, Maria Eduarda Oro Dilly, Rubia Mara Alves, Vanessa Marcolina e Willian Gustavo Tasca.

Segundo o professor Edir, que coordena a LAOT desde a sua fundação, o tema de um dos artigos é a fratura de quadril, patologia que cresce de forma exponencial. “Para tanto, fizemos uma análise sobre duas variações da mesma técnica utilizada para o tratamento de fraturas de quadril. Já nos outros dois trabalhos, trouxemos relatos de casos sobre patologias pouco frequentes na prática medica mundial”, conta.

Os estudos versam sobre a área de ortopedia e traumatologia, e também contemplam conteúdos da disciplina de HAM V - Sistema Locomotor, ministrada pelos professores Edir e Fernando Soccol. Nesse sentido, ele destaca a relevância da Acta Scientific Orthopaedics no meio acadêmico e científico. “A Acta Scientific é um grupo internacional que se dedica à publicação de artigos originais com ênfase nas últimas descobertas de pesquisas. O periódico aspira trazer à luz informações de pesquisa eminentes em todo o mundo e tem como objetivo construir uma plataforma eficiente para pesquisadores de diferentes países”, ressalta.

A acadêmica do 7º período do curso de Medicina, Lilian Cristina Meneguzzo, conta que a participação em atividades de iniciação científica foi uma forma de potencializar ainda mais a representatividade e atuação da LOAT. “Agradecemos ao professor Edir, que como orientador sempre nos incentivou e apoiou, contribuindo para a nossa evolução acadêmica.  Sabemos que são raros os casos de artrite séptica de sacroiliaca, pouco se sabe sobre o melhor tratamento e, por isso, gostaríamos muito de dividir a experiência diante desse caso com outros profissionais da área. Afinal, a pesquisa agrega em conhecimento, experiências, crescimento pessoal e profissional, nos ajudando a construir uma base sólida em nossa carreira médica”, avalia.

Já a aluna Vanessa Marcolina, também do 7º período, conta que o artigo em que foi coautora também é resultado da disciplina do trabalho de conclusão de curso, que inicia no 5º período. “Hoje não estou mais na LAOT, mas gostei muito da experiência de desenvolver o artigo e publicá-lo. “A área da ortopedia chamou minha atenção logo no segundo ano da faculdade, o que despertou meu interesse em estudar sobre seus assuntos. Além disso, as fraturas de fêmur vêm sendo cada vez mais presenciadas na prática médica, portanto, esse é um tema importante a ser discutido”, pontua.

A coordenadora adjunta de Pesquisa e Iniciação Científica do UNIDEP, professora Dra. Rafaela Macagnan, aponta que o comprometimento docente com a pesquisa científica contribui para que os alunos trilhem seu caminho na área, aprimorando qualidades profissionais. “O aluno é inserido em um ambiente crítico que potencializa a busca por informações, pois, muitas vezes durante esse processo, ocorrem situações inesperadas, em que novas alternativas devem ser encontradas fazendo com que o aluno trabalhe com o inesperado, explore diferentes situações e busque respostas”, destaca.

Para a professora, a iniciação científica na área da saúde potencializa o aprendizado em relação a técnicas, procedimentos, tratamentos, diagnósticos, mecanismos fisiológicos ou fisiopatológicos, entre outros. “Estamos falando de uma base de conhecimento que pode ser esclarecida, aprofundada ou criada, resultando em melhores prognósticos e contribuindo para a saúde das pessoas. Nós, do UNIDEP, estamos trabalhando para fortalecer o desenvolvimento de pesquisas na Instituição e, como os professores e alunos têm mostrado grande interesse, acredito que num curto período de tempo muitos outros resultados serão evidenciados”, enaltece Rafaela.

Trabalhos do UNIDEP publicados na Acta Scientific Orthopaedics

- “Estudo comparativo dos resultados após tratamento cirúrgico das fraturas transtrocanterianas de quadril com uso de dispositivo cefalomedular com e sem o uso da mesa ortopédica de tração” - Edir Soccol Junior e Vanessa Marcolina. 

- “Osteopetrose: relato de caso – Edir Soccol Junior, Caroline Rafaela Solano, Lilian Cristina Meneguzzo, Maria Eduarda Oro Dilly, Rubia Mara Alves e Willian Gustavo Tasca. 

- “Artrite séptica de sacroilíaca: relato de caso e evolução 10 anos após tratamento” - Edir Soccol Junior, Rubia Mara Alves, Lilian Cristina Meneguzzo, Maria Eduarda Oro Dilly, Caroline Rafaela Solano e Willian Gustavo Tasca. 

 ------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Contato: [email protected]


Fonte: