às 15:39:00

UNIDEP quer desenvolver a identidade docente de alunos e egressos

Lançamento do Programa Semear aconteceu na última sexta-feira (18/06), ofertando 20 vagas para acadêmicos e egressos que sonham em ser professores ou professoras. Os selecionados participarão de uma capacitação exclusiva, voltada ao desenvolvimento de habilidades e competências essenciais para a atuação docente

Na última sexta-feira (18/06), o Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP), por meio do Setor de Gestão e Desenvolvimento de Talentos (Gesta) e do Núcleo de Apoio Pedagógico e Experiência Docente (Naped), lançou o Semear, o Programa de Desenvolvimento de Identidade Docente. As inscrições seguem até 20 de julho e a participação é destinada a alunos e egressos da Instituição que sonham em trilhar carreira na docência. Na ocasião, os principais pontos do edital foram apresentados e dúvidas foram sanadas.

O Programa oferta 20 vagas, sendo 16 para acadêmicos dos cursos de graduação vigentes em 2021/2, 2 para alunos de pós-graduação e 2 para egressos. Em caso de vagas remanescentes, as mesmas serão redistribuídas entre os inscritos. Os selecionados participarão de um cronograma de capacitações voltado à formação docente, composto por seis módulos, totalizando 22 horas. Entre os temas abordados, estão: autoconhecimento, ensino por competências, metodologias ativas, monitorias, mentorias, mercado profissional e atividades práticas.

A Pró-Reitora de Graduação do UNIDEP, professora Carla Maria Ruedell, destacou que o Semear foi pensado com muito carinho e que também institucionaliza as monitorias, prática que já acontece em alguns cursos da IES e que estimula a vocação docentes dos alunos. “De diferentes formas estamos semeando talentos para a carreira docente. Agora, alunos e egressos que querem trilhar a docência têm a oportunidade de se desenvolver, vivenciando competências e habilidades que um profissional docente precisa ter. O primeiro passo é o amor pela educação – e isso, no UNIDEP, semeamos todos os dias, a cada aula”, disse.

A coordenadora do Naped, professora Elisa Denardi Tessaro, também destacou que a formação oportunizada pelo Semear oportunizará o desenvolvimento de competências essenciais para a atuação docente. “Já estivemos no papel de aluno e sabemos o quanto esse tipo de incentivo pode mudar nossas vidas. Por isso, esse Programa é muito especial, pois foi pensado para quem sonha com a docência e, no UNIDEP, receberá uma capacitação exclusiva, para formar e desenvolver essa identidade de educador”, enfatizou.

A coordenadora do Gesta, Jaqueline Bernardi Ferreira, enalteceu que ao oportunizar que alunos e egressos um dia cheguem a integrar o time do UNIDEP, a Instituição realiza mais uma proposta de encantamento, alinhada à política de ensino da IES e do grupo Afya. “Outro ponto importante é que os participantes do Semear poderão escolher os seus professores mentores, logo, o vínculo afetivo que estimulamos e desenvolvemos com nossos alunos, contemplando a atuação dos nossos docentes, será materializado ao longo do Programa, pois sabemos que nossos professores são verdadeiras inspirações para os nossos estudantes. Estaremos disponíveis, nesse sentido, para auxiliar tanto o professor quanto o aluno durante o processo”, disse.

O gerente pedagógico da Direção de Ensino do Grupo Afya, professor. Denny Almeida, também marcou presença no lançamento do Semear e ressaltou a importância da iniciativa realizada pelo UNIDEP. “Se você, aluno ou egresso, tem consigo o desejo de compartilhar saberes, então esse é o caminho da docência. Que o Semear seja mais programa frutífero e que, por meio dele, possamos ter diversos novos professores, atuando nas instituições de ensino da Afya, assim como em outros lugares, afinal, o sucesso do nosso egresso é o nosso principal objetivo”, reforçou.

Oportunidade

Quem também aprovou a iniciativa foi Davi Donadel, aluno do 9º período do curso de Fisioterapia. “Este programa contribuirá para o nosso crescimento profissional, independente de onde formos atuar, pois esse conhecimento específico, voltado a competências da atuação docente, nos ajudará a nos portar em vários campos da sociedade. E, para quem sonha em ser professor, é um incentivo gigantesco, afinal, muitas vezes, temos perfil, mas não recebemos apoio para nos desenvolver”, pontuou.

Já a egressa do curso de Publicidade e Propaganda, Caroline Vieira Neves, que hoje está no mestrado, também enalteceu o estímulo oportunizado pela Instituição. “Percebo que a essência da carreira docente é a humanização, e o UNIDEP demonstra isso, especialmente ao ofertar uma capacitação que preocupa-se com o desenvolvimento do futuro professor, o qualificando para trabalhar com os estudantes, apresentando-lhe caminhos pedagógicos e de didática. É uma alegria, como egressa, poder participar dessa iniciativa”, completou.

Mais informações

Para participar do primeiro edital do Semear, o aluno UNIDEP precisa ter concluído 25% do curso, estar adimplente e demonstrar, por meio de uma carta de intenções, o seu interesse em ser professor ou professora. Os encontros da formação ocorrerão uma vez ao mês. Mais informações podem ser obtidas no edital, disponível em: www.unidep.edu.br/sites/gesta.

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Fotos: Alan Winkoski, Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Contato: [email protected]


Fonte: