às 17:21:00

Profissionais do Ensino Superior são imunizados contra o Covid-19

Primeira dose da imunização para docentes e colaboradores do UNIDEP começou a ser aplicada no último sábado, 12 de junho, atendendo ao Plano Estadual de Vacinação que passou a contemplar os profissionais do Ensino Superior

Na última semana, o Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP) está sendo sede de um momento ímpar para a saúde pública do Brasil e do mundo: a imunização contra o Covid-19. O significado do momento ganha ainda mais força, uma vez que os profissionais da Educação também foram contemplados pelo Plano Estadual de Vacinação, uma conquista para o Ensino Superior e um passo importante dado pelo Governo do Estado do Paraná. A imunização representa esperança para os docentes e técnicos administrativos do UNIDEP, bem como para suas famílias, aproximando a IES, cada vez mais, do retorno seguro da integralidade das atividades presenciais.

A Reitora do UNIDEP, professora Ornella Bertuol Antunes, enaltece o trabalho realizado pela Secretaria Municipal de Saúde e pela 7ª Regional de Saúde voltado à imunização da população e dos grupos prioritários, lembrando que docentes e alunos da IES também atuam na linha de frente no combate ao Covid-19, desempenhando ainda um importante papel do tratamento pós-Covid de pessoas que estão com sequelas decorrentes da doença.

“A imunização representa a valorização do Ensino Superior, uma vez que não paramos nossas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Desde março de 2020, tivemos que reinventar nossas práticas, seguimos com o ensino remoto para as disciplinas teóricas, mas retomamos as práticas ainda em junho, de forma gradual. Com isso, mensalmente realizamos mais de 5 mil atendimentos de saúde, em que cuidamos da qualidade de vida e do bem-estar da população de Pato Branco. Portanto, ver nossos professores e colaboradores recebendo a primeira dose da vacina, é viver o reconhecimento pelos nossos 21 anos de história, pois nossa vocação na formação em saúde demonstra nossa paixão por educar e cuidar. O sentimento é de esperança e gratidão, o desejo é que a vacina chegue a todos os brasileiros”, destaca Ornella.

O coordenador e professor do curso de Publicidade e Propaganda do UNIDEP, Gelson Barbosa, possui 19 anos de atuação no Ensino Superior. Para ele, a vacinação dos professores e dos técnicos administrativos, somada ao Protocolo de Retorno executado na Instituição, representa maior segurança para a retomada das atividades presenciais. “É uma grande alegria, eu estava muito ansioso em relação à vacina e, agora, poder receber a imunização enquanto professor do Ensino Superior, é ter uma maior segurança no meu dia a dia e na minha prática docente. Também é uma forma de valorização, pois não paramos e seguimos atuando, oportunizando que o processo de ensino-aprendizagem não cessasse, uma vez que a Educação tem um papel fundamental para o desenvolvimento da sociedade, bem como do país”, avalia.

Para Leliane Hoffmann da Silva, técnica-administrativa do UNIDEP há três anos e que atua como secretária de coordenações, a imunização tem um significado especial, uma vez que ela já contraiu a doença e experienciou o quanto a mesma é agressiva. “Acredito que não apenas eu, mas todos os educadores e a população de uma forma geral, têm um misto de ansiedade e esperança pela chegada da sua oportunidade em receber a vacina, pois estamos falando de uma doença que nos priva muito, não só do convívio, mas também da esperança no amanhã. São muitas incertezas, mas esse sentimento de angústia e medo, que marcou a quarentena, começa a diminuir com a chegada da vacina. Espero que esta alegria não demore a chegar a todos os brasileiros. Mesmo imunizada, o recado é: não deixem de usar mascara, álcool em gel, cuidem-se e cuidem dos seus familiares”, ressalta.

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Fotos: Alan Winkoski, Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Contato: [email protected]


Fonte: