às 09:56:00

UNIDEP recebe exposição da artista plástica Cristina Rech

Obras estarão no hall da Biblioteca do UNIDEP até o final de novembro. A iniciativa é do Núcleo de Carreiras, que quer demonstrar o potencial de carreiras profissionais que versam pela arte e criatividade

Até o final de novembro, quem visitar a Biblioteca do Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP) vai conhecer a exposição da artista plástica Cristina Rech de Almeida, graduada pela Escola Superior de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP). Os nove trabalhos que estão expostos têm em comum o gênero figurativo, transitando entre as figuras humanas, objetos e paisagens.

Cristina explica que a característica mais presente nos trabalhos expostos no UNIDEP é o uso da cor e o traço expressivo, sendo o estilo expressionista uma referência para sua arte. “Apresentar meu trabalho na Instituição está sendo muito importante, pois o acesso à arte e a divulgação da mesma torna muito mais rico o contato entre espectador e obra por meio das exposições e mostras, chegando a públicos diversos e levando a experiência da apreciação artística”, avalia.

A artista pato-branquense também compartilha os seus primeiros passos até chegar à graduação em Artes Visuais. “Desde criança minha maior ocupação era preencher páginas e páginas de cadernos de desenho com traços e figuras humanas. Na adolescência mesmo escolhi estudar Arte e comecei a me preparar para as chamadas prévias de arte, processo exigido antes da realização do vestibular em algumas faculdades. Assim escolhi cursar pintura na Belas Artes, conhecida por formar e ter em seu quadro docente nomes importantes da arte paranaense como Guido Viaro e Fernando Calderari”, contou.

Quem quiser adquirir, encomendar ou conhecer a arte de Cristina, assim como seus trabalhos da linha de Arte no Vinil, basta contatá-la pelo WhatsApp (46) 984030748 e também pelas redes sociais: no Instagram, os perfis @artistacristinarech e @crisrechdealmeida e no Facebook /cristina.rechdealmeida.

A coordenadora do Núcleo de Carreiras do UNIDEP, professora Ma. Wanda Luquine Elias, fala sobre o propósito da IES ao fomentar a arte, a partir da exposição da Cristiana. “Queremos mostrar a arte como uma possibilidade de carreira e também como uma forma de aguçar a criatividade nos acadêmicos, fazendo-os despertar para a importância de se desenvolver uma trajetória profissional focada no autoconhecimento e na autorrealização, para que suas escolhas profissionais sejam assertivas e embasadas em suas competências e sonhos”, destacou.

Wanda pontua, ainda, que o contato com a arte estimula e desenvolve os acadêmicos. “A arte tem o poder de aflorar os mais profundos sentimentos, estimular as percepções e resgatar a essência do indivíduo, o que possibilita desenvolver em nossos acadêmicos suas competências comportamentais que são tão importantes quanto as competências técnicas para o exercício da vida profissional. Também chamadas de soft skills, as competências comportamentais são muito desejadas pelo mundo do trabalho, na atualidade”, completou. 

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Fotos: Alan Winkoski, Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Contato: [email protected]


Fonte: